25.2.10

Cotas SIM!


Caros amigos pra quem não sabe, eu voltei a vida de vestibulanda, é outra vez sim, estou no cursinho ! E por aqui anda o maior burburinho em relação à adesão do sistema de cotas pela universidade federal. Ando ouvindo cada absurdo, pessoas realmente não tem esclarecimentos e embasadas em preconceitos andam distribuindo asneiras por aqui. Então em resposta a tudo que eu ouço proponho uma reflexão. Pensem comigo, é justo que uma universidade federal (de grátis) tenha em seu corpo discente quase que 90 % de alunos que podem pagar pelos seus cursos e estudaram em escolas particulares a vida toda ? Ao mesmo tempo que estudantes do sistema público de educação, de baixa renda se endividam por financiamentos ou perdem de vista qualquer oportunidade de cursar o tão esperançoso curso superior.É justo ? E os negros ? Que foram submetidos às mais desumanas humilhações, durantes décadas (imaginem o quanto se perdeu ) e depois do nada, sem nada, por nada foram libertos sem nenhum auxílio, nem se quer um pedido de desculpas, como se maltratar e aproveitar de um ser humano fosse uma coisa normal, foi tchau e pronto. E a perspectiva de vida, como começar tudo do zero? Sem credibilidade, sem confiança, sem esperanças?
É justo eu falar que não é justo deixar entrar àqueles que merecem tanto como nós uma chance ( que fora negada por toda uma existência) ?É justo eu usar da minha melhor condição pra desmerecer (até mesmo intelectualmente) alguém que não escolheu passar por isso, que não escolheu nascer em um país em que o sistema educacional é deficitário e não oferece vaga para todos que sonham em mudar o mundo. Um país que dá para os seus filhos deveres iguais e direitos diferentes. Como não achar justo, o óbvio ?!

*Hanna Luara não é cotista e em função das cotas teve a concorrência do seu curso aumentada em quase 10 candidatos por vaga, mas mesmo assim acha que o sistema de cotas é válido e é o mínimo que pode ser feito para a democratização e inclusão da maioria de estudantes injustiçados pelo sistema educacional ( de merda) do Brasil. Porém, não acha que essa seja a solução completa para este problema !

1 comentários:

Carol disse...

Concordo com as cotas para quem estuda em escola pública. Cotas por cor (pq raça somos todos da raça humana) é dizer que o grau de inteligência está agregado a cor da pele. As universidades federais estão cheias de quem pode pagar e as particulares cheias de quem tem que ralar pra pagar um financiamento, como tu falou. Cotas de acordo com a renda familiar também estaria correto. Mas na verdade, ninguém se preocupa muito com isso, quanto mais ignorante um povo, mais eles poderão roubar.

 
blog template by suckmylolly.com