29.12.11

Cartas e cia.

Ficar em casa é bom, deveria ser ótimo, mas ás vezes é um tormento. Tanta reclamação, tanta crítica, tanto tantos que me deixam caidinha,sem paciência, sem auto estima, quase dilacerada. Mas hoje foi diferente, tive um milhão de motivos pra me estressar, uma lágrima até ensaiou cair, porém eu permaneci firme e fui trabalhar ao meu favor. Resgatei minha caixa de cartas, cartões e afins, peguei uma xícara de café e me deliciei. Como é bom lembrar das pessoas que passaram (e permanecem) na minha vida, todas sempre tão carinhosas, em meio a tanto caos eu tenho pelo o que agradecer, nunca fui privada de olhares bondosos sobre a minha pessoa, fiquei encantada com quantos ' Haninhas 'eu li, menções sobre o meu temperamento, coisas que hoje eu quase achei que ninguém fosse capaz de enxergar em mim. Com um sorriso de canto de boca fui ler meus emails e mais uma vez me senti melhor e maior, mais carinho, quase ronronei. É uma sensação ótima saber que pra tantas pessoas que insistem em me fazer mau existem pessoas que me veem do melhor jeito possível :) Obrigada meus queridos amigos e salvadores: Lorena, Alien, Mari Core, Bruno, Hidan, Matheus, Luaclara, Luciano, Naiara, Tamires, Anita, Laís, Thizah, Vanessa, Jeff...

17.12.11

Não se perca, viu ?

O que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta! E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser. Acontece que entre o ainda-não-é-hora e nossa-hora-chegou, muita gente se perde. Não se perca, viu? Caio F. Abreu

 
blog template by suckmylolly.com