5.6.10

Flashback

É verdade, não sou a mais bonita, te confesso que tb não passo nem perto da mais inteligente, nem da mais disposta, nem da que tem as melhores intenções o tempo todo. Não sou tão meiga, nem tão piedosa. Sou eu mesma com os meus defeitos que com certeza são bem mais numerosos que as minhas míseras qualidades, que tem hora que eu nem lembro quais são.
Sozinha eu sou inteira, não metade, me sustento dos meus ideais, não da vida alheia. Sempre fiz questão de ser completa, de não precisar de ninguém para ser quem eu sou. Sou o contrário, dou preferência aos impulsos invés das decisões esperadas pela maioria.
Gosto de cachorros e de fazer graça, choro por tudo, é inevitável.Tenho grandes ambições apesar do meu 1.54.Sofro por ter opinião definida sobre muita coisa, por ser crítica, por falar: ‘não é assim não’ ,ás vezes sou bem inflexível,mas sei quando dar o braço a torcer e engolir um monte de abobrinha.
E não tenho pretensão de que todos me adorem, mas gostaria muito que alguém me amasse de verdade, que me defendesse, que acreditasse em mim, que simplesmente me admirasse pelo o que eu sou e tb pelo o que não sou. E que fosse mais,mais que todas pessoas que nos cercam, bem mais que todas as opiniões mesquinhas e efêmeras, totalmente superficiais a respeito do que é amar e do que as pessoas devem ser. Só isso. :D

1 comentários:

Lah disse...

queria passar por todas as fases com vc. te amo, te preciso, vc me precisa :)
Lais

 
blog template by suckmylolly.com