12.10.10

INFP - essa sou eu, segundo Jung



(Aproximadamente 3-4% da população) INFPs valorizam a harmonia acima de todas as coisas. Sensíveis, idealistas e leais, eles têm um forte senso de honra com relação aos seus valores internos e são, com frequência, motivados por uma profunda crença pessoal ou pela devoção a uma causa que sintam ser valiosa.
INFPs são interessados nas possibilidades além do que já é conhecido e concentram a maior parte da sua energia em seus sonhos e visões. Receptivos, curiosos e compreensivos, eles frequentemente têm uma excelente visão de longo prazo. Em assuntos cotidianos eles são normalmente flexíveis, tolerantes e adaptáveis, mas eles são muito firmes acerca das suas lealdades internas e estabelecem padrões muitos altos - de fato, quase impossíveis - para si próprios.
INFPs têm muitos ideais e lealdades que os mantém ocupados. Eles são profundamente comprometidos com seja o que for que escolham empreender - e eles tendem a empreender muito - mas, de alguma forma, conseguem ter tudo terminado.
Embora eles demonstrem uma fria reserva pelo lado de fora, INFPs preocupam-se profundamente por dentro. Eles são humanos, empáticos, compreensivos e muito sensíveis aos sentimentos dos outros. Eles evitam conflito e não estão interessados em impressionar ou dominar ninguém, a menos que os seus valores estejam em jogo. Com frequência, INFPs preferem comunicar os seus sentimentos pela escrita, em vez de oralmente. Quando eles estão persuadindo os outros da importância de seus ideais, INFPs podem ser muito convincentes.
INFPs raramente expressam a intensidade de seus sentimentos e com frequência parecem reticentes e calmos. Entretanto, uma vez que eles conheçam você, são entusiásticos e calorosos. INFPs são amigáveis, mas tendem a evitar a socialização superficial. Eles valorizam pessoas que se empenham em compreender seus objetivos e valores.

Possíveis Aspectos Negativos
Uma vez que a lógica não é uma prioridade para INFPs, eles algumas vezes cometem erros factuais e podem estar inconscientes que estão sendo ilógicos. Quando os seus sonhos se tornam fora de contato com a realidade, os outros podem vê-los como frívolos e místicos. INFPs lucrariam se pedissem o conselho de pessoas mais práticas para descobrir se suas ideias são aplicáveis e úteis no mundo real.
Porque são tão comprometidos com seus próprios ideais, INFPs têm a tendência de ignorar outros pontos de vista e podem, algumas vezes, ser rígidos. Eles não estão particularmente interessados em seu ambiente físico e, normalmente, por estarem tão ocupados, falham em notar o que está acontecendo a sua volta.
INFPs podem refletir sobre uma ideia muito mais tempo do que é realmente necessário para começar um projeto. Suas tendências perfeccionistas podem levá-los a refinar e polir suas ideias por tanto tempo que eles nunca as compartilham. Isto é perigoso, uma vez que é importante para os INFPs encontrar formas de expressar as suas ideias. Para evitar que fiquem desencorajados, eles precisam se esforçar no sentido de se tornarem mais orientados para a ação.
INFPs são tão emocionalmente envolvidos em seus empreendimentos que são muito sensíveis às críticas. Para complicar ainda mais as coisas, eles tendem a exigir muito de si mesmos quando ambicionam pelos seus próprios padrões inatingíveis. Isso pode levar a sentimentos de inadequação, mesmo embora eles sejam capazes de realizar muito. Quando os INFPs estão frustrados, eles tendem a se tornar negativos acerca de tudo a sua volta. Tentar desenvolver mais objetividade acerca de seus projetos ajudará a manter os INFPs menos vulneráveis à crítica e frustração.
Porque INFPs tentam agradar tantas pessoas ao mesmo tempo, pode ser difícil para eles manter uma posição impopular. Eles hesitam em criticar os outros e têm uma grande dificuldade em dizer não. Quando INFPs não expressam suas opiniões negativas sobre planos e ideias, outros podem ser levados a acreditar que eles concordam com eles. INFPs necessitam desenvolver mais assertividade e podem se beneficiar em aprender como oferecer crítica honesta aos outros quando necessária.

Pode ser que os Idealistas procurem unidade dentro deles próprios, e entre eles próprios e os outros, por causa do sentimento de alienação que vem com sua infância frequentemente infeliz. INFPs vivem uma infância preenchida de fantasia, a qual, infelizmente, é desencorajada ou mesmo punida por muitos pais. Com pais que requerem deles que sejam sociáveis e habilidosos de formas concretas, Idealistas chegam a enxergar a si próprios como patinhos feios. Outros tipos podem não se importar para as expectativas parentais que não se encaixam com eles, mas não os INFPs. Desejando satisfazer seus pais e irmãos, mas não sabendo ao certo como fazê-lo, eles tentam esconder suas diferenças, acreditando que eles são sem valor por serem tão fantasiosos, tão diferentes de seus irmãos e irmãs mais sólidos. Eles se perguntam, alguns deles para o resto de suas vidas, se eles são legais. Eles são completamente legais, somente diferentes dos outros cisnes criados em uma família de patos.


http://www.inspiira.org/  (teste de personalidade)


*Duvido muito que alguém leia, não ficarei magoada por isso, mas é muitissímo interessante e  bastante válido fazer o teste. HAHA

1 comentários:

Lua disse...

nao li mesmo! kkkkk

 
blog template by suckmylolly.com